Rasecenemys

Blog Rasecenemys 2 WordPress.com

Arquivo para o mês “agosto, 2013”

I love you

I love you

LOVE STORY

LOVE STORY

Velocidade

Velocidade

Concreta

Concreta

O que é grafeno ?

grafeno é um composto de átomos de carbono reunidos em pedaços que se parecem colmeias. Ele nada mais é que uma camada finíssima de grafite, o mesmo que compõe os lápis. Quando isolado e usado da forma correta, o grafeno ganha possibilidades incríveis de utilização e, por isso, vem sendo considerado como a matéria-prima do futuro.

O grafeno é tido como a solução de vários problemas na área de tecnologia: desde substituição de materiais raros e escassos até o barateamento de custos para o consumidor. O composto foi descoberto em 1947, pelo físico Philip Russel Wallace, o primeiro a estudar de forma teórica sobre o material. Mas foi só em 1962 que ele se tornou realidade, através dos químicos Ulrich Hofmann e Hanns-Peter Boehm. Foi Boehm, inclusive, quem o batizou, a partir da junção das palavras grafite e o sufixo –eno.

Finalmente, em 2004, o grafeno surgiu para o mundo, graças aos físicos Andre Geim e Konstantin Novoselov, que resolveu testar seu potencial como transistor. Até aquele momento, era impossível conseguir uma amostra do material para estudos mais efetivos, sem o isolar da forma correta. Os estudiosos conseguiram o feito, incrivelmente, com uma fita adesiva.

Não é à toa que o grafeno é supervalorizado no mundo da tecnologia. Ele é, simplesmente, o material mais forte, mais leve e mais fino conhecido na atualidade. Além disso, é transparente, elástico e conta com propriedades elétricas e óticas.

Empresas e cientistas apostam no composto químico como a revolução na indústria de eletrônicos, projetando uma nova geração de componentes e dispositivos. O fato de ser uma descoberta relativamente nova não impediu que os primeiros produtos comerciais já estejam perto de serem lançados.

DEUS no controle

DEUS no controle

Gestos que elevam

1) Dar bom dia ou boa tarde: Cá entre nós, um gesto tão simples, mas que é esquecido por muitos. E detalhe: Tanto em casa, rua ou  trabalho.

2) Ajudar o mais próximo: Exatamente! E para tal,  não lhe faltarão oportunidades: De uma mensagem de afeto a um abraço com carinho.

3) Sorrir mais: Isso mesmo, sorria mais. Valorize as pessoas a sua volta. Seja criativo! Crie e recrie a si mesmo.

4) Ser cidadão: Vamos lá, seja solidário. Permita que os demais possam também descansar. Seja no ônibus, trem ou metrô.

5) Ter autocrítica: Ninguém, absolutamente ninguém, estará acima do bem ou do mal. Tenha sempre autocrítica, reconhecendo, sobretudo, os seus erros e acertos.

6) Ser paciente: Lembre-se: Nada, absolutamente nada, lhe acontecerá por acaso. Mas sim, mediante ao seu esforço e claro, a sua dedicação.

7) Ouvir os mais velhos: Ok, em um primeiro momento, isso poderá até ser chato. Entretanto, uma vez aprendida, a lição jamais será esquecida.

8) Oferecer amor: Clichê ou não, uma vez amada, a pessoa te valorizará muito mais. Duvidam? Basta fazer a prova. 

5 coisas para se fazer na internet quando tiver nada pra fazer

1 – Leia um blog. Eu sei que talvez você tenha um amigo(a) que tem um blog e ele(a) vive lhe insistindo que leia, mas você nunca teve a compaixão de ver qual era o nome do blog. Como você está entediado, faça a boa vontade de ler o que a criatura escreve. Além de estar fazendo uma coisa educativa (ou não), vai fazer seu coleguinha feliz.

2 – Jogue. Simples, entre em um site de jogos online, escolha uma categoria e depois vá para o jogo que lhe interessa. Aproveite também e baixe o jogo pois eu tenho certeza que você vai ficar viciado!

3 – Aprenda a mexer em um programa de edição. Se você já sabe mexer em um, aprenda mais. Agora, se você não sabe, procure, existe vários: PhotoScape, PhotoFiltre Studio, PhotoShop, PhotoBrush, Picassa… É uma variedade enorme. Escolha um e vá a um blog onde tem tutoriais, tanto para iniciantes quanto para pessoas mais experientes. Assim, você também vai estar aproveitando a dica número 1.

4 – Faça um formspring. É  a nossa nova modinha da internet, um site onde as pessoas fazem perguntas e adivinha. E o que você faz? Você responde XD. Se você tem Twitter, você tem a opção de, quando você responde uma pergunta, automaticamente vai pros seus tweets.

5 – Conheça uma banda nova. Entre  e depois vá na lista de artistas, organizado por ordem alfabética. Clique na primeira letra do seu nome (normalmente a banda que você vai escolher está lá, no fim da lista). Cheque a lista e escolha um nome que você achou legal, baixe umas músicas, conheça mais sobre a tal banda. É uma dica meio idiota, mas é uma dica.

 

Origem dos nomes de marcas famosas

APPLE

Maçã era a fruta favorita de Steve Jobs (co-fundador) e ele também havia trabalhado em um pomar de maçãs. No momento de escolha do nome, eles procuraram escolher algo que pudesse manter distante nomes que pudessem refletir algo “frio, inacessível, e imagens complicadas criadas por empresas naquele período”.

COMPAQ

As 3 primeiras letras são da palavra “computer/computador” e foi adicionado o “paq” para “denotar um pequeno objeto completo”, ou que pudesse significar “compatibilidade e qualidade”.

SONY

Derivação da palavra Sonus (que significa ‘SOM’ em latim)Sonny é também uma gíria norte-americana que significa “jovem brilhante”.

LEGO

O nome surgiu das palavras dinamarquesas Leg Godt, que significa “brincar bem”.

 

A origem dos insultos

Idiota: Ainda na Grécia antiga, o termo fazia referência aos chamados alienados, ou seja, pessoas com pouco ou nenhum grau de consciência cívica ou política. Já no campo psicológico, a palavra está relacionada com a chamada idiotia, deficiência responsável por um atraso no desenvolvimento cerebral.

Otário: Diferente do que muitos imaginam, o termo otário nasceu há muito tempo atrás, nos bairros mais pobres da cidade de Buenos Aires, Argentina. Em sua origem, a palavra designava algo como “homem ingênuo”.

P… que pariu: Há alguns anos, o termo “vá para a p… que te pariu” era usado em seu sentido literal. Costumava se dizer para a pessoa voltar para o corpo da mãe, que supostamente seria uma prostituta. Algumas décadas depois, a expressão ganharia um processo de suavização, e deixaria de lado o caráter mais agressivo. Hoje, por exemplo, o termo não deixa de ser mais que um “Não enche o saco”!

Babaca: O termo teria se originado ainda na década de 30, mais especificamente em 1939. Seu significado, algo como bobo, tolo, zé mané, seria difundido em diferentes regiões do Brasil.

Vai tomar no c…: Não se sabe ao certo a origem da expressão. Acredita-se que ela tenha se originado a partir do preconceito de muitos brasileiros com as pessoas de orientação homossexual. Se levarmos ao pé da letra, seria algo como mandar uma pessoa se submeter ao sexo anal.

Navegação de Posts